Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Nano-Marmeleira.

por bloga-mos, em 20.01.15

Aquando da minha mudança para Lisboa não tive na altura alternativa a não ser socorrer-me da modalidade travelling light no que diz respeito a palavras palavrinhas e palavronas encadernadas com mais ou menos engenho por quem trata dessas merdiúnculas que estão espalhadas por 3 casas 1 escritório e uns arrumos desse modo apenas me acompanharam a bula de uma droga para os nervos e um folheto de uma bizarra entidade que organiza excursões às minas da Panasqueira tendo ambas sido lidas avidamente durante a viagem. Aqui chegado iniciei a aquisição incluindo a sua vertente furto-totalmente-desqualificado-de-dolo-para-a-sociedade daquilo que necessitava para obter um sólido e equilibrado andaime que permitisse à baixinha que me faz a cama sentir-se confortável e em total segurança enquanto eu lhe faço outras coisas de acordo com os ensinamentos dos compadres Copérnico e Arquimedes. A aleatória pescaria recaiu nos seguintes espécimes:

- "A Piada Infinita" David Foster Wallace (1198 páginas capazes de suster um 1755 de sacudidelas ao nível pélvico)

- "V." Thomas Pynchon (modestas 558)

- "Sonhos de Bunker Hill" John Fante (176 delas para servirem de calço ao segundo)

- "O Planeta do Sr. Sammler" Saul Bellow (276 que se portam muito bem na mesma função de suporte ao primeiro tijolo)

- "Trabalhos de Casa" Rogério Casanova ( 294 e porque sim, olhó caralho!)

- As Avenidas Periféricas" Patrick Modiano (101 até porque o gajo ganhou o último Nobel ainda que ninguém tenha percebido porquê embora a coisa esteja a ser de grande utilidade ao nível da construção não literária)

- "O Ente Querido" Evelyn Waugh (169 para preencher a minha cota fetichista por gajos com nomes de gaijas para além de o número de páginas ser bastante sugestuoso)

- "A Eneida" Virgílio (239 apesar de na seguinte ainda existirem umas letrinhas com alguma informação relevante nomeadamente sobre o facto de o homem ter "envergado a toga viril" acontecimento que irei em devido tempo investigar com minúcia.

 

Os alicerces permanecem portanto firmes e hirtos com força lapidar sendo de esperar que a empreitada lá para cima mencionada decorra sem percalços nem acidentes sexo-laborais dignos de menção.

Um bem haja a todas as criaturas que inexplicavelmente a mim se devotam.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:02


2 comentários

De bloga-mos a 21.01.2015 às 11:30

A última tentativa de contacto foi feita por estes dedinhos que te escrevem mas a menina devia estar na sua imperial sesta e népias. Ninguém me tem amandado pró caralho ultimamente mas sei que posso sempre contar contigo para suprir essas faltas...

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

blogamesios@gmail.com

blogamesios@gmail.com


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D