Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Nano-Marmeleira.

por bloga-mos, em 20.01.15

Aquando da minha mudança para Lisboa não tive na altura alternativa a não ser socorrer-me da modalidade travelling light no que diz respeito a palavras palavrinhas e palavronas encadernadas com mais ou menos engenho por quem trata dessas merdiúnculas que estão espalhadas por 3 casas 1 escritório e uns arrumos desse modo apenas me acompanharam a bula de uma droga para os nervos e um folheto de uma bizarra entidade que organiza excursões às minas da Panasqueira tendo ambas sido lidas avidamente durante a viagem. Aqui chegado iniciei a aquisição incluindo a sua vertente furto-totalmente-desqualificado-de-dolo-para-a-sociedade daquilo que necessitava para obter um sólido e equilibrado andaime que permitisse à baixinha que me faz a cama sentir-se confortável e em total segurança enquanto eu lhe faço outras coisas de acordo com os ensinamentos dos compadres Copérnico e Arquimedes. A aleatória pescaria recaiu nos seguintes espécimes:

- "A Piada Infinita" David Foster Wallace (1198 páginas capazes de suster um 1755 de sacudidelas ao nível pélvico)

- "V." Thomas Pynchon (modestas 558)

- "Sonhos de Bunker Hill" John Fante (176 delas para servirem de calço ao segundo)

- "O Planeta do Sr. Sammler" Saul Bellow (276 que se portam muito bem na mesma função de suporte ao primeiro tijolo)

- "Trabalhos de Casa" Rogério Casanova ( 294 e porque sim, olhó caralho!)

- As Avenidas Periféricas" Patrick Modiano (101 até porque o gajo ganhou o último Nobel ainda que ninguém tenha percebido porquê embora a coisa esteja a ser de grande utilidade ao nível da construção não literária)

- "O Ente Querido" Evelyn Waugh (169 para preencher a minha cota fetichista por gajos com nomes de gaijas para além de o número de páginas ser bastante sugestuoso)

- "A Eneida" Virgílio (239 apesar de na seguinte ainda existirem umas letrinhas com alguma informação relevante nomeadamente sobre o facto de o homem ter "envergado a toga viril" acontecimento que irei em devido tempo investigar com minúcia.

 

Os alicerces permanecem portanto firmes e hirtos com força lapidar sendo de esperar que a empreitada lá para cima mencionada decorra sem percalços nem acidentes sexo-laborais dignos de menção.

Um bem haja a todas as criaturas que inexplicavelmente a mim se devotam.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:02


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

blogamesios@gmail.com

blogamesios@gmail.com


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D